Facebook

header ads

Vacinação contra covid-19 em CG terá início já na próxima quarta, anuncia prefeito

 

Após participar de uma videoconferência com o ministro Eduardo Pazzuelo, na manhã desta quinta-feira, 14, o prefeito Bruno Cunha Lima fez um importante anúncio no início da tarde, através das redes sociais: Campina Grande foi incluída na programação do Ministério para começar a vacinação em massa contra a Covid-19, já a partir desta quarta-feira, 20.

A videoconferência conduzida por Eduardo Pazzuelo reuniu os prefeitos de todas as capitais e das principais cidades-polo do Brasil. Com o ministro, participaram os assessores direto da pasta, notadamente os que estão envolvidos de forma direta com a pauta da imunização contra a Covid-19 no país.

Em sua mensagem gravada em vídeo - acompanhado pelo secretário de Saúde Felipe Reul e o diretor do Complexo Pedro I, Tito Lívio -, Bruno Cunha Lima destacou a boa notícia, ressaltando a importância de Campina Grande ter sido a primeira cidade do Brasil a apresentar um Plano Municipal de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19, em dezembro passado. O documento foi entregue pelo prefeito e Filipe Reul ao Ministério. Na ocasião, foi garantida a prioridade do governo federal em atender o Município.

Uma outra providência, que evidencia como Campina Grande já vem fazendo o dever de casa desde o enfrentamento e controle da doença, em 2020, diz respeito à preparação estrutural da cidade para receber a vacina. Segundo Bruno, a Secretaria de Saúde já recebe, nesta quinta, 80 mil seringas e agulhas, suficientes para atender à primeira etapa de imunização em massa. Já estão prontas também 57 salas de vacinação em todas as regiões da cidade.

Público-alvo

Bruno Cunha Lima fez questão de destacar, na sua gravação de vídeo, que Campina Grande respeitará os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde em relação ao público-alvo nesta primeira etapa de imunização.

Segundo o prefeito, as doses disponibilizadas a partir da próxima quarta serão exclusivamente para idosos acima de 75 anos; idosos em casas de permanência (como é o caso dos asilos) e para os profissionais de saúde.

O prefeito, contudo, pediu à população serenidade neste momento, porque certamente Campina Grande assegurará, em sua parceria com o Ministério da Saúde, vacinação para todas as pessoas, sem atropelos e seguindo criteriosamente os protocolos estabelecidos.

Segurança

O prefeito Bruno Cunha Lima também revelou que vai promover reuniões com a Delegacia da Polícia Federal e com o 31º Batalhão de Infantaria Motorizada, para garantir total segurança aos estoques das vacinas em Campina Grande.

Codecom

Postar um comentário

0 Comentários