Facebook

header ads

Morre em Campina Grande o escritor Horácio de Almeida Lima


Servidor público federal, poeta, escritor e contador de causos, dono de uma verve e de uma narrativa hilárias, morreu nesta terça-feira, 05/01, Horácio de Almeida Lima. A notícia foi confirmada pelo próprio filho, através do Facebook: “É com extrema tristeza que comunico aos amigos e familiares o falecimento do meu pai”, escreveu.

De acordo com as primeiras informações, Horácio sofreu um acidente vascular cerebral, ficou internado, mas não resistiu. O escritor já tinha enfrentado, recentemente, problemas de saúde, mas se recuperava bem.

No Facebook, onde mantinha intensa atuação com textos que iam desde comentários cotidianos até críticas políticas em seu estilo ferino, Horácio deixou sua última publicação em 17 de dezembro. Leia:

Se eu não tivesse assistido, jamais acreditaria.

Hoje, enquanto esperava meu filho, fiquei sentado em frente à lotérica do calçadão...
Vi um senhor sendo barrado pelo segurança da lotérica por estar sem a máscara.

Pensei que ele iria embora, mas, para minha surpresa, pediu a "mascra" do amigo que estava sentado ao meu lado e voltou pra fila.

E o mais incrível foi o que deu emprestado, recebeu a máscara de volta e colocou no rosto.

Se despediram tocando os cotovelos.

Sei não, viu?!!


Postar um comentário

0 Comentários