Facebook

header ads

Bruno e João Azevedo tratam de parceria contra a covid-19


O prefeito eleito e diplomado de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, concedeu entrevista à Rádio Arapuan FM de João Pessoa, no início da tarde desta sexta-feira, 18, oportunidade em que repetiu: vai bater em tantas portas quantas forem necessárias, para ajudar a desenvolver Campina e ajudar a melhorar a qualidade de vida dos campinenses.

“Vou bater nas portas do governo federal e do governo do Estado, para fazer o que precisa ser feito por Campina. Meu compromisso é com a cidade de Campina Grande”, disse, ao ser questionado se a parceria celebrada horas antes com o Governo do Estado, se estenderia às outras ações.

De acordo com Bruno, o assunto parcerias administrativas não foi citado, já que o encontro teve objetivo de tratar sobre ações de enfrentamento à Covid-19. Mas relembrou que, há dez anos, o Governo do Estado não celebra um só convênio com Campina Grande e frisou que, como cidadão campinense, espera que a cidade volte a ser reinserida no mapa político e administrativo da Paraíba.

Bruno destacou que esta semana, em menos de 30 horas, teve a oportunidade de ser recebido por seis ministros de Estado, além dos presidentes do FNDE, Agência Brasileira de Desenvolvimento e que fará o que for necessário pelo desenvolvimento de Campina.

Nesse sentido, Bruno voltou a frisar que vai priorizar duas áreas, em seu governo: Saúde e Educação. Em relação à Saúde, que foi o foco da reunião com o governador, o prefeito adiantou que, tudo que for necessário ser feito para garantir atendimento de qualidade às pessoas que forem infectadas pela covid-19, será feito.

“Foi isso que fui fazer, em Brasília, conversar com o ministro Pazuello. Foi isso que eu fiz, quando entrei em contato com o professor Homero (superintendente do Hospital Universitário de Campina Grande, tratando sobre a possível reabertura dos leitos para tratamento da doença”, destacou.

Segundo ele, o que for necessário será feito pelo poder público, mas lembrou a importância de cada cidadão fazer sua parte, o que evitará a necessidade de abertura de mais leitos. Bruno voltou a destacar a excelência de Campina na travessia da pandemia, o que aconteceu sem que o sistema entrasse em colapso uma única vez.

“Nós temos lidado de forma muito inteligente com essa situação”, destacou, ao ressaltar a qualidade do atendimento prestado no Hospital Pedro I, pelo que parabenizou toda a equipe de médicos, diretores, técnicos e demais servidores da unidade.

Educação

Em relação à Educação, Bruno lembrou que o assunto tem passado muito longe das discussões políticas e administrativas, durante o período da pandemia, e ressalta que os prejuízos, sobretudo para a primeira infância, podem ser irreversíveis. Por esse motivo, ressaltou que sua administração vai focar muito especificamente na garantia de vagas em creches. A redução dos índices de analfabetismo é outra meta que Bruno pretende atingir em seu governo.

Postar um comentário

0 Comentários