Facebook

header ads

Candidatos querem saber se prefeitável estaria por trás de perfis anônimos em CG


Atendendo a ações propostas pelos advogados da coligação “Campina rumo ao futuro”, do candidato a prefeito Bruno Cunha Lima (PSD) e do vice, Lucas Ribeiro (Progressistas), a Justiça Eleitoral de Campina Grande determinou a derrubada de páginas anônimas que atuavam na rede social Instagram e foram acusadas de disseminar fake news.

Mas, além de tirar do ar alguns destes perfis, os autores das ações também requereram, e a Justiça determinou o atendimento do pedido, informações sobre quem seriam os responsáveis por páginas como o Transparência Campina e o Fiscaliza Campina.

Decisão semelhante, no entanto, já havia sido expedida em ações judiciais movidas contra as páginas mesmo antes das eleições, por pessoas que se sentiram atingidas por publicações dos perfis, no entanto, até agora o Facebook, empresa responsável pelo Instagram, não forneceu os dados.

No meio político, a aposta é de que as páginas seriam ligadas a um dos seis candidatos que disputam as eleições deste ano em Campina Grande e cuja ação, segundo acreditam, também se estenderia à criação de falsos perfis de pessoas para promoção de ataques a adversários.

Prefeitáveis e seus advogados esperam o cumprimento da determinação da Justiça para confirmar a fonte da atuação dos perfis.

Postar um comentário

0 Comentários