Facebook

header ads

Transplantados pedem apoio de "frente" por causa de crise grave no atendimento

 

O vereador Alexandre Pereira (PSD) foi procurado pela Associação de Renais, Transplantados e Doadores da Paraíba, que entregou um ofício ao parlamentar, em mãos, relatando as dificuldades que vêm sendo enfrentadas pelos pacientes que fazem tratamento dessa especialidade no Hospital Antônio Targino.

No documento, a entidade descreve que o suporte dado a esses pacientes na unidade, tanto no transplante renal quanto ao acompanhamento no pré e pós-operatório, foi drasticamente comprometido nos últimos dois anos, situação que foi ainda mais agravada diante do cenário da pandemia do coronavírus.

A associação explicou que cerca de 250 pacientes transplantados, usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), “em sua maioria vivendo em situação de extrema pobreza”, recebem acompanhamento permanente no Antônio Targino, mas, no dia 30 de setembro, o vínculo dessas instituições será encerrado com o corpo clínico, o que, naturalmente, está causando graves preocupações nos pacientes.

Alexandre, que é presidente da Frente Parlamentar de Doação de Órgãos e Tecidos, se comprometeu a buscar as autoridades e a própria unidade de referência a fim de discutir o assunto e tentar viabilizar soluções urgentes para o problema. “Fiquei bastante preocupado com esses fatos, mas vamos cair em campo em busca daquilo que realmente importa, que é resolver”, disse.

Postar um comentário

0 Comentários