Facebook

header ads

Enivaldo Ribeiro confirma sinalização de apoio do Progressistas a Tovar


O vice-prefeito Enivaldo Ribeiro, presidente estadual do Progressistas, confirmou, durante entrevista à Campina FM na manhã desta quinta-feira, 09, que o partido tem um alinhamento com a pré-candidatura do deputado estadual tucano Tovar Correia Lima à Prefeitura de Campina Grande.

Segundo o líder do Progressistas, o grupo mantém uma relação com o também pré-candidato Bruno Cunha Lima, do PSD, mas, de acordo com ele, existe uma maior proximidade e afinidade com Tovar, que inclusive não seria de agora.

“A relação com Tovar é muito boa. Não quer dizer que não tenhamos relação com Bruno, mas a relação com Tovar não há dúvidas que é muito próxima porque ele procura, ele tem construído isso, ele é presente. E isso é muito importante, numa campanha é o que conta”, reconheceu.

Esta semana, o Progressistas já havia dado outra demonstração da proximidade com o tucano, único convidado de outra legenda para participar de uma reunião promovida com pré-candidatos a vereador.

CARACTERÍSTICAS

Conforme Enivaldo, Tovar demonstraria ser um nome que concentra qualidades que catalisam o apoio da base aliada, fator que considera decisivo para que o Progressistas abra mão da tese de candidatura própria.

“O nosso candidato seria Lucas. Não sendo Lucas, para abrir para outro, tem que ser um candidato que una todo mundo, que tenha um bom relacionamento, um bom contato, sem dificuldades, sem malandragem, que seja sincero com o povo. É isso que estamos olhando”, disse.

FUTURO DE ROMERO

O presidente do Progressistas ressaltou que o atual prefeito, Romero Rodrigues, é o “timoneiro” do processo, e, inclusive, alertou que a decisão quanto ao candidato deve passar pela percepção de um nome que seja da confiança do gestor até mesmo em relação ao seu próprio futuro político.

“Romero tem que ter muito cuidado, inclusive por ele mesmo, porque ele tem a vida política, ele vai terminar esse mandato e tem que ver o futuro, tudo tem que ser pesado, medido e contado”, complementou Enivaldo Ribeiro.

.

Postar um comentário

0 Comentários