Facebook

header ads

Vereador pede que a PMCG contrate costureiras para produzir máscaras


O vereador Galego do Leite (Podemos) apresentou um requerimento na Câmara Municipal de Campina Grande pedindo que a prefeitura realize parceria com as concluintes do curso de corte e costura promovido no mês de agosto de 2019 pela Agência Municipal de Desenvolvimento (Amde), bem como com as costureiras de forma geral que estão sem poder exercer seu ofício por falta de trabalho em virtude da pandemia. A matéria já foi aprovada pelo legislativo.

Galego do Leite lembrou que iniciativa atenderia, de uma única vez, a duas demandas: o suporte às costureiras e suas famílias e, ao mesmo tempo, a ampliação da capacidade de fornecimento de máscaras de proteção facial reutilizáveis pelo poder público, item essencial para o enfrentamento da pandemia do coronavírus e que muitas pessoas, no entanto, acabam não tendo recursos para adquirir.

“Por causa da pandemia, a possibilidade de trabalho para essas mulheres que são costureiras caiu bastante e muitas estão passando por sérias dificuldades juntamente com as suas famílias. Mas, como o Município precisa distribuir as máscaras com a população, poderia demandar essa mão de obra, ao invés de comprar de empresas de fora, tendo um duplo efeito positivo”, comentou o vereador.

O parlamentar do Podemos ressaltou que as demandas surgidas a partir da crise gerada pela pandemia têm se mostrado cada vez mais numerosas e severas, de modo que a atuação do vereador, enquanto representante do povo que mais próximo está das comunidades, mostra-se ainda mais fundamental. “Por isso, temos trabalhado bastante, ouvindo a população e levando suas reinvindicações ao poder público, cumprindo o nosso papel”, afirmou Galego do Leite.

Postar um comentário

0 Comentários