Secretário confirma a vereador: decreto não veta cultos e missas online


Diante da forte repercussão e de uma série de dúvidas em torno do novo decreto do Governo do Estado, que restringiu ainda mais diversas atividades e incluiu a proibição de cultos, missas e outras celebrações religiosas, o vereador Alexandre Pereira (PSD) procurou imediatamente o secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros.

Alexandre informou que o secretário explicou que o decreto em nenhum momento veta as atividades online promovidas pelas igrejas, que encontram no recurso um meio de continuar desenvolvendo, ainda que parcialmente, suas celebrações, levando fé, conforto e esperança para milhões de brasileiros em um momento tão difícil.

Segundo Alexandre, o governo alega que a intenção é proibir os eventos públicos que possam gerar aglomerações no momento em que a Paraíba chega ao pico da pandemia. No estado, a absoluta maioria das igrejas já vem respeitando as orientações das autoridades públicas, de maneira voluntária e atendendo às recomendações expedidas.

Entretanto, segundo o governo, vinham sendo registrados casos isolados de abertura de templos para atividades públicas. “Conversei pessoalmente agora há pouco com o Dr. Geraldo e ele descartou de maneira enfática qualquer tipo de intervenção nas ações que estão sendo promovidas de maneira online pelas igrejas”, esclareceu Alexandre.

O vereador lembrou que as igrejas, tanto católicas quanto evangélicas, têm em ampla maioria respeitado as orientações das autoridades sanitárias e dos governos. No entanto, lembrou que, como parlamentar e cristão, vai continuar vigilante contra quaisquer eventuais excessos, o que, conforme destacou, não vem a ser o caso no momento.

Nenhum comentário

.