Rede pública em CG tem 73 leitos de UTI para atender pelo menos 70 municípios


O Jornal Integração da Campina FM apresentou nesta quarta-feira, 20, um balanço da quantidade de leitos de unidade de terapia intensiva disponíveis nos hospitais públicos para atendimento de pacientes com coronavírus. Ao todo, são apenas 73 unidades, com perspectiva ainda de incremento destes números.

Segundo a reportagem do Jornal Integração, com base em números das secretarias de Saúde do Estado e do Município, os leitos estão distribuídos da seguinte forma: na rede municipal, somando o Pedro I, Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (ISEA) e Hospital da Criança e do Adolescente, são 44 leitos de UTI.

Da rede estadual, serão 17 leitos, contando os dez que serão disponibilizados a partir desta quarta-feira, conforme informações do secretário Geraldo Medeiros. Além disso, o Hospital Universitário Alcides Carneiro, da Universidade Federal de Campina Grande, passou a ofertar doze leitos esta semana.

Campina Grande é referência para atendimento de pacientes com coronavírus de 69 municípios, no entanto, conforme é frequente no cotidiano do município, essa demanda, incluindo pacientes encaminhados por prefeituras sem pactuação (ou seja, contrapartida financeira), deve ser, na prática, bem superior.

EXPECTATIVA DE AMPLIAÇÃO

Esses números poderão receber o reforço de outros vinte leitos que estariam em fase de implantação no hospital de campanha do Município, que já foi inaugurado, mas ainda não iniciou os atendimentos. A estrutura foi montada ao lado do Pedro I e, passada a pandemia, será convertido em setor de hemodiálise.

O Trauma, por sua vez, poderá ter parte dos leitos de enfermaria do setor disponibilizado para a demanda do coronavírus convertida em UTI, gerando até mais trinta vagas, segundo o gestor da pasta estadual da saúde. Já o Hospital de Clínicas, que ainda não tem data certa para entrar em funcionamento (a previsão estimada é 1º de junho), poderá ter 20 leitos.

Outros 06 leitos de unidade de terapia intensiva estão em fase de implantação no Hospital João XXIII para atendimento através do SUS.

REDE PRIVADA

Em relação ao segmento privado, a informação é de que a Clínica Santa Clara dispõe de dez leitos de UTI. Não há dados sobre eventuais vagas em outros hospitais do segmento.

Nenhum comentário

.