Facebook

header ads

Lúcia Braga: 1ª deputada federal da PB e 1ª mulher a disputar o Governo do Estado


Ex-primeira-dama da Paraíba e ex-deputada federal, Lúcia Braga morreu nesta sexta-feira, 08/05, em João Pessoa, aos 85 anos, após um período de internação na capital. As informações, que apontavam que Lúcia e seu marido, o ex-governador Wilson Braga, de 88 anos, foram infectados com coronavírus ainda são desencontradas. O certo, porém, é que uma parte da história se foi com ela.

Antônia Lúcia Navarro Braga foi deputada federal por três vezes (eleita em 1986, 1990 e 2002), deputada estadual (eleita em 1998) e primeira-dama do Estado (Wilson foi governador entre 1983 a 1987) com forte atuação na área social. Disputou uma cadeira na Câmara de João Pessoa em 2016, mas não se elegeu. Na capital, havia disputado a prefeitura em 1996, perdendo no segundo turno para Cícero Lucena.

Mas, o que faz de Lúcia Braga parte significativa na história da política paraibana são dois feitos. Pouca gente lembra, mas ela foi a primeira mulher a se eleger deputada federal pela Paraíba. Na esteira do ápice político do marido governador e sob a permissão da legislação da época, no ano de 1986 ela chegou à Câmara Federal somando 92.324 votos, concorrendo pelo PFL (na imagem acima, o "santinho" daquele pleito).

Oito anos depois, perdeu a campanha, mas tornou-se a primeira mulher a disputar o Governo do Estado da Paraíba. Foi uma eleição acirrada contra Antônio Mariz, que no primeiro turno somou 525.396 votos contra 489.066 da adversária. No segundo turno, em meio a uma grande controvérsia em torno de denúncias envolvendo a campanha da ex-primeira-dama, Mariz levou a melhor com 58,3% dos votos válidos, contra 41,7% de Lúcia.

Por formação, Lúcia Braga era assistente social e bacharel em direito. Natural de João Pessoa, nasceu em 13 de dezembro de 1934.

Postar um comentário

0 Comentários