Facebook

header ads

João anuncia plano de retomada da economia conforme "bandeiras". Entenda


O governador João Azevedo apresentou, durante uma live no início da noite deste domingo, um plano de retomada para a economia do estado a partir do dia 15 de junho. Segundo explicou o chefe do executivo, o processo se dará por meio da classificação da realidade de cada município, que será avaliada conforme bandeiras de cores referentes a cada protocolo.

A classificação utilizará bandeiras nas cores verde, amarela, vermelha e preta, com avaliação que será reavaliada quinzenalmente e com restrições graduais entre a mais liberal (verde) e a mais restritiva (preta). Segundo Azevedo, o projeto ouviu especialistas e seguirá discutindo ajustes com pesquisadores e segmentos envolvidos.

Ainda conforme o governador, as empresas também precisarão ficar atentas às regras de classificação para seu funcionamento conforme cada segmento e as exigências específicas para cada uma. João Azevedo explicou que o plano de reabertura da economia se dará em quatro etapas, cada uma com pelo menos quatorze dias.

O governo classificou o plano de retomada da economia como “Novo normal”, destacando que não haverá uma volta à normalidade anterior à pandemia. Segundo ele, o êxito do planejamento que foi elaborado dependerá essencialmente da adesão da população e dos setores responsáveis pelas atividades econômicas.

“NÃO PENSO EM REELEIÇÃO”

João Azevedo assegurou que a Paraíba será um dos estados com maior número de testes de coronavírus e minimizou a repercussão sobre o fato de seu governo não ter adquirido nenhum respirador novo para enfrentar a pandemia. Segundo o gestor, a estrutura de uma unidade de terapia intensiva é muito ampla e não se limitaria a esses equipamentos, que, no entanto, são essenciais para salvar pacientes em quadro mais grave.

Outra fala de destaque do governador foi sobre as eleições. “Não estou preocupado com as eleições, não sou candidato este ano, e nem estou pensando na reeleição. Eu estou mais preocupado em salvar vidas”, disse, em determinado momento.

Postar um comentário

0 Comentários