Facebook

header ads

Estado prometeu 30, anunciou 17 e entregou 12 leitos de UTI em Campina


Informações obtidas nesta segunda-feira, 25, revelam que o Governo do Estado entregou até agora apenas 12 dos 17 leitos de UTI que havia anunciado na semana passada, quando dez respiradores fornecidos pelo Ministério da Saúde chegaram a Campina Grande, para a estrutura de atendimento a pacientes com covid-19 no Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes.

A quantidade entregue até agora, quando os leitos de unidade de terapia intensiva disponíveis no município estão muito perto do colapso, é bem menos do que o número que o Estado teria se comprometido no início da crise da pandemia disponibilizar na cidade, 30 leitos.

Com isso, a rede do SUS em Campina Grande conta nesse momento com apenas 68 leitos de UTI, 44 na rede do Município, 12 no Hospital Universitário e 12 no Trauma, para atender a uma área com população de cerca de 1,2 milhão de pessoas.

Também foram entregues 18 leitos de enfermaria no Trauma. Nesse momento, a unidade já registra uma taxa de ocupação de 80% da terapia intensiva, índice que no HUAC já atingiu a totalidade. Segundo o último boletim epidemiológico do Município, o percentual de ocupação da UTI no SUS de Campina Grande até ontem era de 77%.

O chamado hospital de campanha, entregue no último dia 12 pela prefeitura e que deverá contar com 20 leitos de UTI, também ainda não entrou em funcionamento.

Postar um comentário

0 Comentários