Facebook

header ads

Bolsonaro inclui academias, salões e barbearias entre atividades essenciais

 
 
O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, confirmou através de suas redes sociais um novo decreto ampliando o rol de serviços considerados essenciais e que, portanto, poderão abrir suas portas mesmo em meio às restrições impostas pelas medidas de isolamento social aplicadas por causa da pandemia.

O presidente, que seguidamente tem ampliado esse rol, já havia incluído atividades como a construção civil e industriais. Hoje, por meio do decreto 10.344/2020, inseriu na relação de atividades essenciais também os salões de beleza e barbearias e academias de esporte de todas as modalidades.

O documento traz, em todos os casos, a observação de que devem ser obedecidas as determinações do Ministério da Saúde. Desde o início da crise gerada pela pandemia, o presidente da República vem defendendo o relaxamento das medidas de isolamento social, por conta das consequências sobre a economia do país.

Abertamente, Bolsonaro defende o chamado “isolamento vertical”, que se limita à quarentena para as pessoas do chamado grupo de risco, aquelas que possuem comorbidades e/ou são idosas. A postura do chefe da nação tem sido duramente criticada por vários segmentos, porém elogiada por outros.

Postar um comentário

0 Comentários