ACCG pede informações aos bancos sobre financiamentos para empresas


Com o objetivo de oferecer às empresas a possibilidade de ter acesso a informações qualificadas sobre linhas de credito especificas disponibilizadas pelas instituições financeiras, a Associação Comercial de Campina Grande promoverá nesta quarta-feira (06), a partir das 19 horas, uma videoconferência com representantes dos bancos oficiais da cooperativa de credito.

De acordo com o presidente da entidade, empresário Marcos Procópio, o governo federal e os bancos têm anunciando várias linhas de financiamento para socorrer as empresas vítimas do Coronavírus. “Mas esses recursos não estão chegando na ponta, como deveriam, para atender as necessidades das empresas”, garante o dirigente classista. 

Para o presidente da Associação Comercial, o socorro financeiro às empresas é indispensável nesse momento para assegurar a sobrevivência da maioria delas e também para garantir os empregos. “Não basta, apenas, ofertar o dinheiro. É importante flexibilizar as exigências com garantias e certidões negativas, além de reduzir as taxas de juros”, acrescentou Marcos Procópio.

“Está na hora de as nossas instituições do sistema financeiro, que no Brasil lucram como em nenhum outro lugar do mundo, darem uma real contribuição ao país neste momento de crise”, cobrou o presidente da Associação Comercial de Campina Grande.
Instituições como Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banco do Nordeste, Sicoob Paraíba, Sociedade de Garantia de Credito e o SEBRAE confirmaram presenças na reunião virtual promovida pela Associação Comercial, que acontecerá nesta quarta-feira, 6.

REABERTURA DO COMÉRCIO

O presidente da entidade empresarial informou ainda que nesses últimos dias a entidade tem buscado dialogar com vários setores de governos e do Ministério público, em busca de alternativas para aliviar a tensão sobre as empresas, principalmente as que ainda estão fechadas.

Marcos Procópio aproveitou o ensejo para agradecer ao Governo do Estado e a Prefeitura Municipal que atenderam, em parte, as solicitações da Associação Comercial, visando a reabertura de setores do comércio. Em decretos publicados no fim de semana, o Governo da Paraíba e a Prefeitura Municipal de Campina Grande autorizaram a reabertura de novos segmentos de atividades empresariais, como serviços de manutenção de eletroeletrônicos, imobiliárias e lojas de tecidos, conforme defendido pela Associação Comercial através de Ofícios encaminhados ao governador João Azevedo e ao prefeito Romero Rodrigues.

Fonte: Assessoria

Nenhum comentário

.