Campina FM: Coordenador do Sine se emociona ao falar sobre demissões


Após quase um mês de portas fechadas, o Sine Municipal de Campina Grande reabriu nesta quarta-feira, 22, exclusivamente para atendimento de trabalhadores que precisam dar entrada no seguro-desemprego. Por conta das restrições em virtude da pandemia, o órgão vai funcionar das 8h às 12h e limitou o atendimento hoje a 85 fichas – a partir desta quinta-feira serão cem.

O coordenador do Sine, Hércules Lafite, concedeu entrevista por telefone ao Jornal do Meio-Dia da Campina FM logo após o expediente desta quarta-feira e, ao falar sobre a fila de novos desempregados, não resistiu e chorou no ar. “A demanda, infelizmente, é muito grande. Ninguém sabe a dimensão de quantas pessoas serão demitidas em Campina Grande”, disse.

Ao revelar que conversou com cada um dos trabalhadores na fila de entrada no seguro-desemprego, Lafite não conseguiu conter a emoção. “Gostaria de estar usando esse canal na rádio, como sempre usei, para divulgar vagas de empregos, mas infelizmente o que estamos divulgando agora é essa questão para ajudar esses trabalhadores que tanto necessitam”, comentou, entre lágrimas.

O Seguro-Desemprego pode ser requerido através da internet, mas o procedimento deve ser complementado pessoalmente no Sine, porém, segundo o órgão, o trâmite no local é ágil. Em virtude da pandemia, os trabalhadores são mantidos a uma distância de pelo menos um metro e meio na fila e devem estar usando máscaras de proteção facial.

Nenhum comentário

.