Facebook

header ads

Ministro revela preocupação com aumento da venda de álcool líquido


O ministro Luiz Henrique Mandetta, da Saúde, voltou a demonstrar sua preocupação com o aumento da venda de álcool líquido no país diante da escassez do produto em gel por causa da alta demanda causada em virtude da pandemia do coronavírus.

Em pronunciamento ao vivo na tarde deste domingo, o ministro lembrou que esse aumento pode resultar em crescimento do número de acidentes domésticos, principalmente incêndios.

Ele lembrou que, além das consequências imediatas das queimaduras, uma alta da ocupação de leitos de UTI por pacientes queimados limitaria o atendimento de pessoas que precisem ser internadas por causa do coronavírus.

Mandetta orientou que as pessoas podem fazer a higienização adequada das mãos com o uso de água e sabão, e não apenas com o álcool em gel.

---------
Imagem: Ascom

Postar um comentário

0 Comentários