Facebook

header ads

Câmara de CG faz nova convocação de aprovados no concurso público


Informações da assessoria

A Câmara Municipal de Campina Grande, em determinação da presidente Ivonete Ludgério (PSD), lançou mais um edital de convocação dos aprovados no concurso público, nesta terça-feira (11). Desta vez foram chamados mais sete candidatos. Eles terão um prazo de 30 dias para comparecer com a documentação exigida. Dos 37 aprovados no primeiro concurso público da CMCG, 26 já foram chamados pra assumir suas funções. Os demais serão convocados no segundo semestre.

“Ficamos muito felizes em fazer mais uma convocação. Este concurso público é um marco histórico na Câmara de Campina Grande. Então cada etapa realizada é um motivo de comemoração”, comentou a presidente Ivonete. Ela informou que os demais aprovados serão chamados no segundo semestre deste ano, de modo que até o término da sua gestão, todos os aprovados serão convocados.

O edital de convocação será publicado no Semanário Oficial do município, mas já se encontra no portal da Câmara Municipal de Campina Grande. Nele, além dos nomes dos aprovados, está a lista dos documentos que devem ser apresentados e as demais especificações para ocupar o cargo. Os oito novos convocados vão preencher os cargos de Agente de Apoio Geral Legislativo, Assessor Técnico Legislativo I, Vigia e Recepcionista.

A primeira convocação de aprovados aconteceu no primeiro semestre do ano passado, com a posse já no mês de julho. Logo em seguida, em outubro, aconteceu a segunda convocação e solenidade de posse. No total 19 candidatos já foram chamados e assumiram suas funções na Casa de Félix Araújo. Após a posse deste sete novos convocados, ficarão restando apenas 11 dos 37 aprovados no concurso.

Considerado um marco histórico na Câmara campinense, o concurso foi organizado pela Comissão Permanente de Concursos (CPCon) da Universidade Estadual da Paraíba. Seguiu um rigoroso processo de organização e execução. O edital foi publicado em outubro de 2018, com as inscrições iniciadas logo em seguida. A prova inscrita aconteceu em janeiro do ano passado e as demais etapas obedeceram as datas estabelecidas no cronograma. Foram oferecidas 37 vagas para os níveis fundamental e médio.

A presidente Ivonete informou que vai prorrogar a validade do concurso para dar chance a outros classificados. “A lei nos dar esse direito e vou prorrogar para que aqueles que foram classificados e não aprovados possam ter a chance de ser convocados, caso haja necessidade de preenchimento de novas vagas, e para que a gente não precise realizar um novo concurso”, disse Ludgério.

Postar um comentário

0 Comentários