Em votação secreta e com apoio da oposição, ALPB "solta" Estela

 
Óbvio ululante, a maioria absoluta dos deputados estaduais da Paraíba aprovou, em votação secreta, a revogação da prisão preventiva da deputada estadual Estela Bezerra, determinada pelo desembargador Ricardo Vital de Almeida no âmbito da sétima fase da Operação Calvário.

Ao todo, 30 integrantes da Casa de Epitácio Pessoa votaram, 25 deles pela soltura da colega. Ou seja, mesmo os parlamentares de oposição optaram por não permitir que uma companheira cumpra prisão preventiva. A prerrogativa das assembleias estaduais para esse tipo de intervenção foi apenas recentemente reconhecida pelo STF, em votação apertada.

Além de Estela, o desembargador Ricardo Vital de Almeida expediu outros dezesseis mandados de prisão, incluindo o ex-governador Ricardo Coutinho, que alegou estar na Espanha em férias, mas garantiu que voltará ao país para se apresentar à Justiça. Enquanto isso não acontece ou a Interpol não cumpre o mandado, a defesa do socialista trabalha para evitar sua prisão.

Nenhum comentário

.