Bolsa Família transfere R$ 3,2 milhões por mês em CG. Veja raio-x completo

(Rubens Nascimento - Coordenador do Cadastro Único em Campina Grande) 

Aproximadamente 24 mil famílias são beneficiadas com o repasse de recursos do programa federal “Bolsa Família” mensalmente em Campina Grande, revelou nesta sexta-feira o coordenador do Cadastro Único do município, o advogado Rubens Nascimento, durante entrevista ao Jornal Integração da Campina FM e da Serra Branca FM.

Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento Social, em outubro foram pagos exatamente 23.603 benefícios no município, o que representa um repasse da ordem de R$ 3,2 milhões ao mês para famílias pobres de Campina Grande. O benefício médio pago foi de R$ 135,56 por família

De acordo com Rubens Nascimento, a quantidade de beneficiários vem caindo expressivamente no município. “Quando assumi o Cadastro Único, em 2014, eram cerca de 32 mil benefícios; hoje são menos de 24 mil. Isso se deve tanto à melhoria das condições socioeconômicas das pessoas como, também, pelo aumento expressivo no rigor da fiscalização para conceder o Bolsa Família”, explicou o gestor.

Entre novembro de 2018 e outubro deste ano, 1.966 famílias saíram do programa. No mesmo período, o montante repassado através do programa para beneficiários de Campina Grande foi de quase R$ 40 milhões, ou, mais precisamente, como mostram os números do Governo Federal, R$ 39.421.753,00.

ABAIXO DA META
.
O Ministério do Desenvolvimento Social aponta dados detalhados sobre o pagamento do Bolsa Família em Campina Grande. Revela, por exemplo, que a cobertura do programa é de 70% em relação à estimativa de famílias pobres no município, índice calculado com base nos dados mais atuais do Censo Demográfico, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o portal do ministério, Campina Grande “está abaixo da meta de atendimento do programa”.  Por isso, o MDS orienta que “o foco da gestão municipal deve ser na realização de ações de Busca Ativa para localizar famílias que estão no perfil do programa e ainda não foram cadastradas”. E complementa que “a gestão também deve atentar para a manutenção da atualização cadastral dos beneficiários, para evitar que as famílias que ainda precisam do benefício tenham o pagamento interrompido”.

DADOS DO MINISTÉRIO

Alguns números importantes informados pelo Ministério do Desenvolvimento Social sobre o pagamento do “Bolsa Família” em Campina Grande apontam, por exemplo, o acompanhamento de crianças de famílias beneficiadas nos quesitos saúde e educação.

Segundo o MDS, 45.258 beneficiários tinham perfil para acompanhamento das condicionalidades de saúde no primeiro semestre de 2019. Compõem o público para acompanhamento as crianças menores de 7 anos e mulheres. O município conseguiu acompanhar 28.215 beneficiários, o que corresponde a uma cobertura de acompanhamento de 62,34%, resultado abaixo da média nacional, que é de 76,09%.

Por outro lado, conforme o MDS, 28.698 crianças e adolescentes com perfil para acompanhamento das condicionalidades de educação precisavam ter a frequência escolar acompanhada no terceiro período do ano (junho/julho) de 2019 e dessas, foram acompanhadas 27.528, uma cobertura de acompanhamento de 95,92%.

“A média nacional é de 91,18% de acompanhamento na educação. O município possui, portanto, um acompanhamento da frequência escolar muito bom, acima da média nacional”, registra a página do Governo Federal.

O balanço do Ministério do Desenvolvimento Social referente a setembro apontava um total de 68.049 famílias inseridas no Cadastro Único em Campina Grande, sendo que 55.706 com o cadastro atualizado nos últimos dois anos. Desse total, 39.299 famílias possuem renda de até meio salário mínimo no cadastro atualizado.

Nenhum comentário

.