Vereador sobre prefeitável: “Tem que saber onde fica o Beco do Califon”


O vereador Alexandre Pereira respondeu, durante entrevista à Campina FM, às declarações do empresário e pré-candidato a prefeito Artur Bolinha, que, durante fala recente à emissora, rechaçou a possibilidade de aceitar o parlamentar no PSL, partido ao qual ambos foram convidados a se filiar – convite, para ambos, feito pelo deputado federal Julian Lemos, presidente da legenda.

Alexandre fez questão de destacar que o convite para seu ingresso no partido veio de Julian e afirmou que, caso já fosse membro do PSL, teria posição contrária à candidatura de Bolinha.

“Se eu já estivesse no partido e tivesse condições de discutir uma candidatura, é claro que eu não defenderia o nome que está posto (do empresário), por entender que é um nome que não vai onde outros nomes poderiam ir. Por exemplo, na periferia. Tem que ser alguém que saiba onde fica o Beco do Califon em Campina Grande, um candidato a prefeito que conheça onde fica o Beco do Vulcão”, ironizou.

Ainda na mesma linha, o vereador atacou o discurso do prefeitável. “Não se pode ter um candidato a prefeito apenas com um discurso único, que a gente já conhece de cor e salteado. Discutir política somente com números, isso não funciona. É preciso discutir política com realidade. Uma coisa é você falar de economia e outra é ter R$ 4,50 para comprar um quilo de feijão”, disse.

Sem citar o nome do empresário, Alexandre ainda disparou outra fala em tom irônico. “A minha postura é uma postura de posições. Eu não mudo de opiniões e de posições a cada campanha”, comentou. Ele também revelou acreditar que a filiação e candidatura de Artur Bolinha pelo PSL não são favas contadas.

Nenhum comentário

.