Moradores do Aluízio Campos vão pagar entre R$ 80 e R$ 270, revela secretário

 
As 4.100 moradias do complexo habitacional Aluízio Campos devem ser entregues no próximo dia 25 de outubro e uma dúvida frequente é o valor que será pago mensalmente pelos futuros mutuários por cada unidade. O preço varia de acordo com a renda de cada família e vai ficar fixado entre R$80 e R$270. O pagamento, que pode chegar até 35 anos, vai começar após a assinatura dos contratos junto ao Banco do Brasil.

Nos últimos dias uma “notícia” dava conta que alguns moradores iriam pagar até R$500 por mês. Porém, o secretário de Planejamento do município tratou de desmentir a informação falsa. “Isso é absolutamente falso. Não teria sentido porque na verdade o programa é um programa de habitação popular. Existe, sim, a necessidade de fazer um pagamento, mas é um pagamento dentro das possibilidades financeiras de cada um dos selecionados”, disse Diogo Lira em entrevista à Rádio Campina FM na manhã dessa terça-feira (1).

O secretário explicou como é feito o cálculo de cobrança. “Então, por exemplo, tem a faixa para quem tem ganho familiar entre  R$ 800 e R$1.200, que paga 10% daquilo que é sua receita. Então,  as parcelas variam entre R$80 e R$120”, disse.

No caso dos contemplados que recebem mais de R$1.200 e um valor máximo de R$1.800, a parcela deveria ser correspondente a 25% do total. Porém, graças a um redutor no valor de R$280, o teto de cobrança não deve ultrapassar R$270.

“E naqueles que recebem acima de R$1.200 até R$1.800 a parcela corresponderia a 25%, só que tem um redutor de R$280. Isso faz com que a maior parcela devida por qualquer um dos mutuários do Aluízio Campos seja de R$270. Bem distante dos quinhentos e poucos reais mencionados nessa ‘Fake News’”, assegurou o secretário de Planejamento e Administração de Campina Grande.

Fonte: Blog do PP

Nenhum comentário

.