Após prisão e licença, Renan Maracajá poderá voltar à CMCG na terça

A presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, vereadora Ivonete Ludgério, confirmou que a licença requerida pelo vereador Renan Maracajá enquanto o parlamentar ainda se encontrava preso em João Pessoa termina neste domingo, dia 06, e que ele deverá retomar o mandato.

“Na próxima terça-feira o vereador estará de volta. Eu tenho tido sempre um contato com ele por telefone desde que ele foi liberado; depois a filha dele teve um problema de saúde e eu sempre ligo para saber como ela está, mas graças a Deus já saiu do hospital, já está se recuperando de um probleminha de brônquio-pneumonia”, disse Ivonete.

A presidente do legislativo já havia explicado anteriormente que não existe qualquer impedimento para que o vereador reassuma o mandato, após ter ficado quase um mês preso por conta da “Operação Famintos”, que apura um suposto esquema de fraudes em licitação para a merenda escolar em Campina Grande.

De acordo com o Ministério Público Federal, Renan faria parte do núcleo empresarial do esquema, operando através de laranjas, incluindo seu chefe de gabinete na Câmara. Por meio de sua assessoria jurídica, o vereador garantiu ser inocente. Ivonete lembrou que, entre as medidas cautelares impostas pela justiça ao conceder habeas a Renan, não consta nenhum impedimento a sua retomada do mandato.

Nenhum comentário

.