Análise: Tovar, o romerista mais próximo dos Progressistas


Quem esteve em Brasília esta semana e acompanhou de perto a reunião da bancada no Congresso com o governador João Azevedo e os prefeitos Romero Rodrigues (Campina Grande) e Luciano Cartaxo (João Pessoa) testemunhou também a boa fluência do diálogo entre o deputado estadual Tovar Correia Lima e a cúpula do Progressistas, particularmente a senadora Daniella Ribeiro e o deputado federal Aguinaldo Ribeiro.

Em uma disputa interna indefinida, como é o caso do bloco governista em Campina Grande, diversos fatores acabam influenciando na decisão final, ou seja, a unção do candidato pelo grupo. Na realidade de momento, um dos vetores que podem encaminhar a uma definição é o peso dos apoios que o candidato a candidato consegue costurar.

E, no agrupamento do prefeito Romero Rodrigues, um partido que tem potencial para consolidar uma decisão é o Progressistas, legenda também do vice-prefeito Enivaldo Ribeiro e do secretário de Ciência e Tecnologia do Município, Lucas Ribeiro. Legenda que deverá estar mais uma vez na chapa majoritária em 2020.

Quem conquistar o Progressistas, podem anotar, encaminha bem seu nome para a disputa no ano que vem. E ninguém conquista o apoio do partido de Enivaldo com imposições, sem abertura ao diálogo, sem disposição para um tratamento de igual para igual, sem a perspectiva de uma relação futura aberta e equilibrada. No grupo governista, parece óbvio, só o tucano parece reunir essas qualidades em relação ao partido.

Nenhum comentário

.