Vereador requer informações ao BB sobre contratos do Aluízio Campos

O vereador Galego do Leite (Podemos) apresentou requerimento na Câmara Municipal de Campina Grande solicitando à superintendência do Banco do Brasil informações sobre a situação atual dos contratos relativos ao conjunto Aluízio Campos. Nesta segunda-feira, o prefeito Romero Rodrigues anunciou que o prazo para entrega das casas, que havia sido remarcado para 11 de outubro, deverá ser adiado.

Na justificativa dada através da imprensa, o gestor alega que um dos motivos seria o atraso no andamento dos procedimentos administrativos junto ao Banco do Brasil. Diante do adiamento, o parlamentar requer do banco informações sobre o encaminhamento do processo administrativo para liberação dos financiamentos, as ocorrências que estariam gerando atrasos e a estimativa sobre a conclusão dos procedimentos.

Na tribuna da Câmara durante a sessão, o vereador lamentou a demora do Município para a entrega dos imóveis, lembrando que recentemente as pessoas chegaram a visitar as casas, fazendo planos para mudança a partir do dia 11 de outubro. Além disso, Galego ressaltou que não é a primeira vez que a PMCG fixa uma data e não cumpre.

“Isso mexe com os sonhos e as expectativas das pessoas. Se a gestão municipal sabe que não haveria condição para fazer a entrega, por que então anunciar, marcar uma data? Em 2016, ano de eleição, houve o anúncio da entrega de parte das residências, o que, como sabemos, não ocorreu. As pessoas seguem esperando e ouvindo desculpas, de modo que precisamos apurar a veracidade e a dimensão destas justificativas”, frisou Galego do Leite.

Nenhum comentário

.