Deputado sobre helicóptero: "Roubaram o dinheiro do povo nessa compra"


O deputado estadual Cabo Gilberto Silva, do PSL, afirmou, durante entrevista à Campina FM nesta terça-feira, 17, que o helicóptero batizado de “Acauã 2”, adquirido pelo Governo do Estado na reta final da gestão Ricardo Coutinho, foi comprado por valores superfaturados. O caso foi levado pelo parlamentar ao Ministério Público do Estado, que vai apurar a denúncia.

“Denunciamos o superfaturamento na tribuna da Assembleia Legislativa e comprovamos com documentos do próprio Estado, que adquiriu uma aeronave bem mais cara que outra, do mesmo modelo, comprada pelo Estado do Rio de Janeiro”, explicou o deputado ao jornalismo da emissora.

O Cabo Gilberto Silva acusa a gestão estadual de ter chegado ao ponto de destituir a comissão de acompanhamento do processo para viabilizar o suposto superfaturamento.

“A comissão formada para assinar (o processo) e receber o helicóptero foi modificada porque a aeronave que veio para a Paraíba é diferente do que estava lá no papel, em vários itens de segurança. Imaginem você comprar um carro zero, completo, e quando chega vem um carro básico”, disse.

“A comissão por duas vezes não aceitou, foi destituída pelo Estado e colocaram pessoas comissionadas que tinham que assinar, se não seriam postas para fora. A comissão anterior era de efetivos”, complementou Gilberto.

O parlamentar frisou que o helicóptero, que deveria apoiar o trabalho da segurança pública no estado, “não funciona” e “só aparece em época de eleição ou de um evento de grande porte para fazer pirotecnia”. “Temos todos os documentos que mostram que os cofres públicos foram lesados. O governo roubou o dinheiro do povo nessa compra”, acusou o deputado estadual.

Nenhum comentário

.