Presidente da Aduepb critica homenagem concedida a Ricardo Coutinho


O professor Nelson Júnior, presidente da Associação dos Docentes da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), afirmou que a homenagem concedida por um centro do Campus V da instituição, sediado em João Pessoa, ao ex-governador Ricardo Coutinho, que recebeu na última sexta-feira o troféu do mérito acadêmico, “causa estranhamento”. As declarações foram dadas à Campina FM.

“Estranha pela forma como o ex-governador tratou a UEPB ao longo da sua gestão, fragilizando a autonomia da universidade. A nós causa estranheza essa iniciativa, pois é de conhecimento público o tratamento do ex-governador à universidade como um todo durante sua gestão, que na nossa leitura não é algo que mereça reconhecimento, muito pelo contrário”, disse Nelson.

Ainda de acordo com o presidente da Aduepb, Ricardo Coutinho “criou situações diversas para dificultar o diálogo em relação à universidade na perspectiva de superar entraves e foi um dos principais obstáculos para superar aquelas barreiras”.

Nelson lembrou que foi uma homenagem concedida não pela direção central da UEPB, mas por um centro (o Centro de Ciências Biológicas e Sociais Aplicadas) do Campus V, em João Pessoa. Além disso, integrantes da UEPB ressaltaram que a homenagem entregue ao socialista sequer existe formalmente.

Seja como for, o tributo foi recebido como um lava-peito por Ricardo Coutinho. Afinal, foi uma honra entregue dentro do "campus de guerra" da UEPB, a mesma UEPB onde, aliás, mesmo em meio aos tempos de batalha mais cruenta, o líder girassol foi ungido por vitórias inquestionáveis - como em 2014 e 2018.  

Nenhum comentário

.