Membro do G10 reage a Inácio Falcão e nega convite: “Quer se valorizar”


Teve repercussão imediata e aguda entre os integrantes do chamado G10 (ou G11, G12...) da Assembleia Legislativa da Paraíba as declarações do deputado estadual Inácio Falcão (PC do B) nesta sexta-feira, 09, durante entrevista à Campina FM, quando fez críticas acerbas ao grupo, que, segundo ele, estaria provocando constrangimento na bancada governista.

Membro do que Falcão classificou como “subgrupo”, o deputado Tião Gomes, do Avante, tratou logo de desmentir um outro ponto da fala do comunista, negando que tenha havido convite para sua integração ao G10. Segundo portais de João Pessoa, Tião teria dito que Inácio Falcão “quer se valorizar perante o governo”.

Tião Gomes chegou a lembrar, inclusive, que o colega do PC do B foi expulso do Avante, ponderando que, diante desse histórico, não faria sentido seu agrupamento buscar integrar um membro que foi defenestrado pelo próprio partido.

Segundo algumas publicações, Tião, ao seu estilo afiado, teria trazido à tona novamente uma acusação contra Inácio de ter o deputado campinense supostamente tentado derrubar o médico Geraldo Medeiros do comando da Secretaria de Saúde do Estado.

Pré-candidato a prefeito de Campina Grande, Inácio Falcão estaria incomodado com as especulações sobre uma possível candidatura do secretário na Rainha da Borborema.


Nenhum comentário

.