Jornalismo

Profissional atuando desde 2008 no mercado, com passagem por todos os meios. Experiência, credibilidade e qualidade

Comunicação institucional

Profundo conhecimento da dinâmica e caminhos da comunicação institucional eficiente, quer no setor público, quer na esfera privada

Direito

Advogado com atuação na área cível em geral e foco em direito do consumidor, além de assessoria legislativa para supervisão e elaboração de projetos

Cursos online

Didática diferenciada, metodologia direta, clara e objetiva buscando a máxima eficiência do estudo

Blog

"Laranja" de Renan Maracajá é chefe de gabinete do vereador na CMCG

Preso desde a última quinta-feira, 22, na segunda fase da “Operação Famintos”, o vereador Renan Maracajá é apontado como integrante de uma organização criminosa que fraudava as licitações para a merenda escolar em Campina Grande, de acordo com a Polícia Federal, o Ministério Público Federal e a Controladoria Geral da União.

Na decisão em que determinou a prisão de Renan e outros sete investigados por participação no suposto esquema, o juiz Vinícius Costa Vidor, da 4ª Vara da Justiça Federal, afirmou que as interceptações telefônicas apontaram que o vereador atuava diuturnamente como uma espécie de articulador na articulação da atividade criminosa, valendo-se de empresas compartilhadas com outros investigados para fraudar os certames públicos.

O detalhe é que, segundo o magistrado, Renan Maracajá operava por meio de laranjas: “Revelou-se, também, pela análise dos documentos apreendidos em sua residência e na sede da empresa Lacet Comercial, e pelos registros do CFTV da própria empresa, que RENAN é o administrador de fato da empresa Lacet Comercial, utilizada pelo grupo criminoso para fraudar licitações e realizada operações de ocultação de patrimônio e lavagem de dinheiro, sendo uma das figuras centrais na ação criminosa”.

Em seguida, o juiz destaca a participação no esquema de André Lacet, que seria laranja de Renan e funcionário da Câmara Municipal de Campina Grande. “Apurou-se que a pessoa física responsável pela Lacet Comercial, André Nunes de Oliveira Lacet, possui vínculo com a Câmara de Vereadores de Campina Grande e é utilizada como ‘laranja’ por Renan para ocultar sua condição de real proprietário da empresa”, assevera Vidor.

De acordo com informações do Sagres do TCE, André, que teve decretada sua prisão temporária pelo juiz federal, era pelo menos até junho (data da informação mais atualizada do sistema) chefe de gabinete de Renan Maracajá na Câmara de Vereadores.

Authorism Theme

Jornalismo

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.!

Comunicação

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.!

Direito

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.!

Cursos

4th one time fitness expert, wellness writer, personal trainer, group ex health coach. I am advocates of everything good in the fitness industry and of the people who make it great!

Imagens de tema por richcano. Tecnologia do Blogger.