Alexandre rechaça possibilidade de aproximação com João Azevedo


O vereador Alexandre Pereira, vice-líder do governo na Câmara Municipal de Campina Grande, negou de maneira contundente nesta sexta-feira, 23, que exista da sua parte qualquer possibilidade de aproximação com o governador do Estado, João Azevedo, ao contrário das especulações criadas a partir de fala do parlamentar esta semana, quando elogiou a postura do chefe do executivo estadual em relação ao ex-governador Ricardo Coutinho.

“Fui perguntado sobre qual era minha opinião a respeito do racha do PSB paraibano e apenas falei a verdade sobre o que acho. Não tenho qualquer tipo de ranço pessoal em relação a João Azevedo que me impeça de reconhecer algo, mas isso está muito longe de representar qualquer interesse ou intenção de minha parte de me aproximar de uma gestão socialista, cujos valores e princípios colidem frontalmente com os meus”, disse Alexandre.

O parlamentar voltou a afirmar que interpreta como positivo um eventual rompimento entre o atual e o ex-governador, por entender que Ricardo Coutinho representa o que há de pior para a política paraibana e acreditar que sua interferência junto ao Palácio da Redenção é danosa para o estado, inclusive para Campina Grande, que, segundo Alexandre, foi alvo da perseguição do ex-gestor.

“Isso é um fato, no entanto, minhas posições são claras e contundentes e jamais demonstrei qualquer alinhamento com um governo cuja agenda é completamente oposta a tudo que acredito, defendo e valorizo. De minha parte, João Azevedo terá a torcida para que faça um bom trabalho, porque não vou torcer contra a Paraíba, mas serei sempre um opositor vigilante, firme e corajoso, enfrentando os erros do governo com firmeza e sem meias palavras”, complementou Alexandre.

Nenhum comentário

.