Vereador quer ouvir ex-secretários denunciados na “Operação Famintos”


Os desdobramentos da “Operação Famintos” na Câmara Municipal de Campina Grande eram inevitáveis e provocaram os primeiros embates entre governo e oposição na manhã desta terça-feira, primeira sessão ordinária da Casa após a deflagração da operação – já que na última quinta-feira não houve quórum para iniciar os trabalhos legislativos.

O destaque ficou por conta de um requerimento protocolado pelo vereador Galego do Leite (Podemos) em que o parlamentar propõe a convocação dos ex-secretários Iolanda Barbosa e Paulo Roberto Diniz para prestar esclarecimentos aos vereadores. Como é sabido, os dois deixaram a Secretaria de Educação e a Secretaria de Administração, respectivamente, após serem afastados pela justiça.

Veja, abaixo, o que alega o vereador no requerimento, que não deverá ser aprovado e talvez sequer chegue a ser colocado em pauta, já que colegas do oposicionista afirmam que o pedido é inviável, inclusive porque Iolanda Barbosa e Paulo Diniz não estão mais na condição de secretários. Segue trecho do requerimento:

Requeiro, após ouvido o Plenário, a convocação dos secretários exonerados de administração (PAULO ROBERTO DINIZ) e a secretaria de educação (IOLANDA BARBOSA), para que prestem informações,  sobre suas respectivas pastas, visto que:

“Compreendendo que a Câmara Municipal é um espaço de debate para as questões sócio-politico-econômicas do município, fica demonstrada a importância da presença dos gestores municipais nesta casa. Sendo assim e tendo em vista as ultimas noticias em torno de uma operação da policia federal junto a pasta da educação, bem como, as possíveis fraudes inerentes aos processos licitatórios, fica evidente a necessidade de ouvi-los nesta casa acerca de vários assuntos relativos aos cargos que ocupavam no município, até a ultima semana”.

Nenhum comentário

.