Procon divulga lista de empresas mais reclamadas de Campina Grande


Já está disponível no site do Procon de Campina Grande (https://procon.campinagrande.pb.gov.br/) o ranking com as empresas mais reclamadas junto ao órgão, no período de janeiro a junho deste ano. No total foram 2981 demandas individuais que foram submetidas a procedimento de conciliação, como processos administrativos, ou seja, demandas de consumidores que não foram solucionadas em um primeiro atendimento e geraram a abertura de processos administrativos.

Dos 50 estabelecimentos mais reclamados, os que mais se destacaram são as empresas de telefonia, somam 30% das queixas, a OI Fixo e Móvel figura com quase 400 reclamações de consumidores, a VIVO teve 128, a TIM 122 e a CLARO 101, e os bancos somam 16% das denúncias por segmento, o campeão é o Bradesco (70), seguido pela Caixa (59) e pelo ITAU Card (55). Neste ranking ainda aparecem os serviços de água e esgotos (62) e de energia (26).

Rivaldo Rodrigues, coordenador executivo do Procon de Campina Grande, informa que esse ranking será disponibilizado no site do órgão a cada dois meses. “Como estamos iniciando agora essa divulgação, fizemos um relatório dos primeiros seis meses de 2019, mas para facilitar a vida do consumidor, ao final de agosto iremos divulgar um levantamento bimestral das reclamações. E assim criar uma cultura junto ao consumidor para que o mesmo pesquise sempre o nome de uma empresa, antes de fechar qualquer negócio”, orienta.

Abaixo está a lista das dez empresas mais reclamadas:

1º Telemar Norte Leste S/A (OI FIXO) – 221 reclamações
2º MC Cursos de Formação – 201 reclamações
3º TNL PCS S/A (OI MÓVEL)    - 176 reclamações
4º Telefônica Brasil S.A. (VIVO) – 128 reclamações
5º TIM CELULAR S/A – 122 reclamações
6º CLARO S/A – 101 reclamações
7º Banco Bradesco S/A – 70 reclamações
8º Cagepa – 62 reclamações
9º Caixa Econômica Federal     - 59 reclamações
10º Banco ITAU CARD  S/A - CREDICARD/CITICARD – 55 reclamações.

-----
Fonte: Assessoria

Nenhum comentário

.