Jornalismo

Profissional atuando desde 2008 no mercado, com passagem por todos os meios. Experiência, credibilidade e qualidade

Comunicação institucional

Profundo conhecimento da dinâmica e caminhos da comunicação institucional eficiente, quer no setor público, quer na esfera privada

Direito

Advogado com atuação na área cível em geral e foco em direito do consumidor, além de assessoria legislativa para supervisão e elaboração de projetos

Cursos online

Didática diferenciada, metodologia direta, clara e objetiva buscando a máxima eficiência do estudo

Blog

Governador veta projeto que obrigava divulgação de obras paralisadas na PB


O deputado estadual, Eduardo Carneiro (PRTB, foto), lamentou mais um veto do governador João Azevêdo (PSB) a um projeto de Lei de sua autoria que estimula a transparência pública e o combate à corrupção no estado. Aprovada por unanimidade na Assembleia Legislativa, a proposta (PL nº 54/2019) tornava obrigatória, no âmbito estadual, a divulgação no site do Governo do Estado, informações sobre as obras públicas estaduais paralisadas, contendo exposição dos motivos e tempo de interrupção.

Para barrar o projeto, o gestor estadual alegou que a matéria é inconstitucional e que o cidadão pode obter essas informações por meio de outros canais, com por exemplo, através da página do sistema Sagres, do Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB).

De acordo com o parlamentar, o argumento trazido pelo governador para vetar o projeto é, no mínimo, curioso, já que atualmente o cidadão não encontra informações sobre obras paralisadas em nenhuma página da internet mantida pelo Governo do Estado. “Como o governador não teria motivos para vetar nosso projeto, vem como essa desculpa que o cidadão pode consultar outros canais para obter informações sobre obras paralisadas em nosso estado, o que é lamentável”, comentou.

Segundo o projeto apresentado por Eduardo na Assembleia são consideradas paralisadas as obras que possuam suas atividades interrompidas por mais de 60 dias. A proposta também prevê que os motivos da paralisação sejam expostos, além de divulgado o telefone do órgão estadual responsável pela obra.

Eduardo disse que a Assembleia Legislativa vai reparar esse equívoco do governador e derrubar o veto. Segundo ele, a sociedade tem o direito de acompanhar, com transparência, o que é feito com os recursos públicos arrecadados no estado. “É direito do cidadão ter acesso a essas informações, de modo que confio na serenidade dos colegas deputados para derrubar esse veto e colocar à disposição da população mais essa ferramenta de fiscalização”, arrematou.

Fonte: Assessoria

Authorism Theme

Jornalismo

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.!

Comunicação

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.!

Direito

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.!

Cursos

4th one time fitness expert, wellness writer, personal trainer, group ex health coach. I am advocates of everything good in the fitness industry and of the people who make it great!

Imagens de tema por richcano. Tecnologia do Blogger.