Em 10 anos, Estado cortou meio bilhão de reais da UEPB, confirma associação


O presidente da Associação dos Docentes da Universidade Estadual da Paraíba Aduepb), professor Nelson Júnior, confirmou ao Jornal Integração da Campina FM nesta terça-feira, 25, que os seguidos cortes promovidos pelo Governo do Estado no orçamento da UEPB representam um montante que já ultrapassa a casa de meio bilhão de reais.

“Um estudo solicitado ao Dieese revelou que nos últimos dez anos foram cortados mais de R$ 500 milhões do orçamento da UEPB. Como consequência disso, tivemos redução dos projetos de pesquisa, redução dos projetos de extensão, redução no auxílio aos estudantes e, mais recentemente, a redução até do número de alunos”, explicou Nelson.

Diante desse quadro, os docentes da Estadual estão buscando junto à Assembleia Legislativa frear os cortes nas finanças da universidade, por meio de ajustes na lei orçamentária. A primeira tentativa foi através da Lei de Diretrizes Orçamentárias, mas a proposta não foi acolhida pelos deputados. Agora, os professores tentarão impedir novos cortes através da Lei Orçamentária Anual (LOA).

ESPERA

Na entrevista, Nelson Júnior revelou que os professores ainda esperam uma audiência com o governador João Azevedo, que, mesmo tendo assumido o cargo há quase seis meses, ainda não se dispôs a receber a categoria. “A gente, da AduePB, vem desde janeiro tentando diálogo com o governador. Entregamos em janeiro um ofício solicitando audiência, mas de lá para cá não conseguimos”, disse.

Nenhum comentário

.