Fechamento de coletoria na Paraíba vai prejudicar região com mais de 120 mil habitantes, diz deputado


O deputado estadual Anderson Monteiro (PSC) criticou na manhã desta quarta-feira (15) na Assembleia Legislativa da Paraíba o fechamento da Unidade de Atendimento ao Cidadão da Secretaria Estadual da Receita, conhecida como coletoria, da cidade de Esperança. A medida anunciada pelo governo vai prejudicar uma região com mais de 120 mil habitantes.

De acordo com o comunicado da secretaria, a coletoria de Esperança só vai funcionar até a próxima sexta-feira, dia 17 de maio. Depois disso, todo o atendimento só será realizado em Campina Grande. As cidades afetadas pela medida, além de Esperança, são Alagoa Nova, Algodão de Jandaíra, Areia, Areial, Montadas, Pocinhos, Remígio e São Sebastião de Lagoa de Roça. 

O parlamentar afirma que o fechamento da coletoria dificulta e muito a vida de milhares de empresários. "É mais um problema para o empresariado da região de Esperança. Já não bastasse a quantidade de impostos pagos, agora fica sem o serviço da Receita Estadual e vai precisar se deslocar até Campina Grande", disse Anderson Monteiro.

Anderson Monteiro protocolou um requerimento na Casa de Epitácio Pessoa solicitando a manutenção dos serviços na coletoria. "Esperança é a 13° economia da Paraíba e não pode ser prejudicada desta forma. Contamos com o apoio dos deputados e da compreensão do governo estadual", afirmou.

Fonte: Assessoria

Nenhum comentário

.