Projeto que institui Política Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação é aprovado na Câmara de Vereadores


A Câmara de Campina Grande aprovou, durante a sessão desta quarta-feira, 12, o projeto de lei de autoria de Lucas Ribeiro (Progressistas) que institui a Política Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação. A matéria, que segue agora para a sanção do prefeito Romero Rodrigues, foi construída desde o ano passado ouvindo os diversos setores ligados à ciência e tecnologia na cidade.

“Foi um projeto elaborado a muitas mãos, para que, uma vez que se torne lei, tenha o potencial de ser aplicável, executável, além de ser efetivo e relevante no sentido de estimular o desenvolvimento de um segmento inteiramente vinculado a uma legítima vocação da nossa cidade, com impacto positivo, real e direto sobre Campina Grande”, explicou Lucas.

Dentre outras iniciativas, a lei criará o Fundo Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, que fomentará o desenvolvimento de pesquisa aplicada na cidade, financiando bolsas de pesquisa que trabalharão em cima de demandas de Campina Grande, promovendo soluções eficientes para problemas que atingem a população, com um custo que pode ser considerado baixo.

Até a apresentação de lei, a matéria foi amplamente discutida com especialistas, as universidades, entidades ligadas à ciência e tecnologia e a sociedade como um todo. Ao protocolar o projeto, Lucas promoveu uma reunião com lideranças do segmento, vereadores e a imprensa no plenário da Câmara para apresentar o texto em detalhes.

“Agradeço a cada um que reservou parte do seu tempo e emprestou seu conhecimento para a construção de um projeto que não é de Lucas Ribeiro, mas de Campina Grande, feito por Campina Grande e para Campina Grande, como uma iniciativa de grande potencial para o bem da nossa cidade”, comentou o parlamentar.

Nenhum comentário

.