Vereador critica inércia de deputados estaduais de Campina Grande: “Eles se calam”


Durante entrevista ao Jornal Integração da Campina FM nesta quinta-feira, 23, o vereador Alexandre do Sindicato (PHS) não economizou nas críticas aos deputados estaduais paraibanos, sobretudo aqueles com base eleitoral em Campina Grande. “Com raríssimas exceções, é visível a ausência de ações dos representantes da cidade na Assembleia Legislativa no que se refere às demandas da população”, afirmou.

Alexandre listou diversas demandas do município que, segundo ele, não teriam recebido atenção dos deputados estaduais, a exemplo, inclusive, da grave crise hídrica que afetou a região. “A Câmara de Vereadores tem feito o papel da Assembleia Legislativa. Se não fosse o clamor desta casa, com as ações dos deputados federais e senadores e o apoio fundamental da imprensa, a água não teria chegado”, disse.

O vereador teceu críticas ao tratamento dispensado pelo governador Ricardo Coutinho à Rainha da Borborema e voltou a afirmar que a bancada campinense na Casa de Epitácio Pessoa não reage.

“Os deputados se calam. É uma Assembleia que está engessada, anestesiada, o governo conseguiu fazer isso. E Campina tem um número muito grande de deputados estaduais, mas, com a ressalva daqueles que não estão no exercício do mandato, como o deputado Tovar e o deputado Manoel Ludgério, os demais, que poderiam estar cobrando, fazendo esse papel, não estão”, completou Alexandre.

"A população tem que abrir os olhos e ver quem realmente está disposto a defender essa cidade. A Câmara de Vereadores não pode fazer o trabalho da Assembleia Legislativa, mas estamos fazendo porque não estamos vendo aqueles que lá estão cumprindo o seu papel”, concluiu.

Nenhum comentário

.