Luciano Cartaxo pode tirar de Rômulo Gouveia chance de se eleger prefeito de Campina Grande em 2020


Como bem afirmou a presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, Ivonete Ludgério, no Jornal Integração desta quinta-feira, 06, as declarações do chefe nacional do PSD, Gilberto Kassab, ao anunciar total apoio ao prefeito pessoense Luciano Cartaxo para governador em 2018, colocam o deputado federal Rômulo Gouveia, presidente do partido no estado, em uma saia justa.

Por uma razão lógica, compete a Rômulo apoiar primeiramente um nome do seu partido. Mas, por outro lado, o deputado tem fortes razões para apoiar o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, no ano que vem.

Mais que aliados de longa data, Rômulo e Romero parecem ser amigos, muito próximos. Se elegeram para um primeiro mandato, como vereadores, juntos, há exatos 25 anos. E, além do mais, o deputado federal sonha com a Prefeitura de Campina Grande e teria uma grande chance novamente – após perder duas vezes para Veneziano – em 2020, na sucessão a Romero.

O distanciamento de Pedro Cunha Lima, também deputado federal e filho do senador Cássio, da política local; a saída de cena de Ronaldo Filho, ex-vice-prefeito; a fragilidade de outros nomes do grupo; e a relevância do seu próprio nome e trajetória política fazem de Rômulo um candidato natural com o apoio de Romero.

Entretanto, a contingência partidária que surge e coloca o congressista numa sinuca de bico pode tornar esse caminho mais distante, afinal de contas, caso Romero e Cartaxo terminem ficando definitivamente em situação de antagonismo, seja na disputa pela indicação da oposição ou seja num embate direto pelo Palácio da Redenção, a posição de Rômulo trará consequências sobre 2020.

Aliás, consequências muito amplas e gerais, incluindo a sucessão municipal.

E nesse cenário, o presidente do PSD, que tinha em 2014 um momento ideal para alçar voo ao Senado, mas engolido pela turbulência política, precisou se contentar com uma volta à Câmara, pode ver agora o caminho rumo ao Palácio do Bispo ficar mais distante.

O certo, por outro lado, é que Rômulo Gouveia é conhecido como um bom articulador político, de modo que buscará, certamente, fazer costuras que afrouxem essa saia justa na qual, sem querer, se meteu.

Se conseguir, mais que se livrar de um desconforto, poderá ficar mais próximo de usar um acessório muito desejado: a faixa de prefeito de Campina Grande.

Nenhum comentário

.