Empresas de ônibus de Campina Grande perderam mais de 200 mil passageiros, informa Sitrans


Da assessoria

As empresas de ônibus de Campina Grande perderem pelo menos 200 mil passageiros no mês de junho. A informação partiu do diretor institucional do Serviço de Transporte Público de Passageiros por Ônibus do Município de Campina Grande (SITRANS), Anchieta Bernardino.

Os números apontam que os ônibus que circulam na cidade perderam, em média, quase 7 mil passageiros por dia. As causas do prejuízo, segundo Anchieta Bernardino estão no prolongamento da greve da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e no aparecimento de outros meios de transporte ilegais no município.

“Hoje em dia temos muitos meios de locomoção na cidade. Quem quiser pode fazer o transporte de passageiros, então isso dificulta muito a operacionalização do transporte coletivo. Somado a isso, temos a greve da universidade que nos tira uma parcela importante de estudantes que usufruem do ônibus para se locomover até a instituição” explicou.

O detalhe é que a grande quantidade de passageiros que deixaram de andar no transporte público de Campina Grande contrasta com o fato de que no mês de junho foi realizado o Maior São João do Mundo e, portanto, a expectativa era de que os ônibus registrassem mais usuários.

Para Anchieta Bernardino, os órgãos municipais e estaduais devem implantar políticas públicas que combatam o transporte ilegal de passageiros e incentive a população a usar o transporte público no dia a dia. “É importante que as pessoas se conscientizem e deixem os carros em casa e usem o transporte público. Quanto mais o transporte público estiver fortalecido, mas qualidade ele vai poder proporcionar aos passageiros”.

Nenhum comentário

.