Vereador apresenta e depois retira projeto “Escola sem Partido” na Câmara Municipal. Ele nega pressões


O vereador Alexandre do Sindicato, do PHS, apresentou em março na Câmara Municipal de Campina Grande o projeto 208/2017, para instituir na rede pública de ensino do Município o programa “Escola sem Partido”, que busca evitar que professores usem a sala de aula para ministração de cunho ideológico sobre os alunos, sobretudo crianças pequenas, como as atendidas na rede municipal.

Surpreendentemente, porém, o parlamentar recuou e decidiu retirar a matéria. De acordo com informações de bastidores, Alexandre do Sindicato, que é governista, não resistiu a pressões sofridas, inclusive vindas da secretária de Educação, professora Iolanda Barbosa.

Mas, durante entrevista à rádio Campina FM, ele negou que essa tenha sido a razão. Apesar de reconhecer que recebeu inúmeros pedidos para retirar o projeto, inclusive da própria Iolanda Barbosa, Alexandre garante que foram apenas pedidos, os quais, segundo assegura, não teriam influenciado em sua decisão.

O parlamentar, contudo, não conseguiu explicar com a mínima clareza qual teria sido, então, o motivo para seu recuo. Alexandre alega que é preciso realizar audiências a fim de discutir a matéria, e teria tentado trazer para Campina Grande o senador Magno Malta, um dos expoentes da defesa da “Escola sem Partido”, mas não conseguiu. A razão, por razões difíceis de entender na alegação do vereador, teria sido essa.

Nenhum comentário

.