Jornalismo

Profissional atuando desde 2008 no mercado, com passagem por todos os meios. Experiência, credibilidade e qualidade

Comunicação institucional

Profundo conhecimento da dinâmica e caminhos da comunicação institucional eficiente, quer no setor público, quer na esfera privada

Direito

Advogado com atuação na área cível em geral e foco em direito do consumidor, além de assessoria legislativa para supervisão e elaboração de projetos

Cursos online

Didática diferenciada, metodologia direta, clara e objetiva buscando a máxima eficiência do estudo

Blog

Reitor da UEPB classifica fala da Associação dos Docentes sobre R$ 10 milhões para salários como “fantasia”


O reitor da Universidade Estadual da Paraíba, Rangel Júnior, falando com exclusividade à Campina FM, desmentiu com veemência as declarações do professor Nelson Júnior, da Associação dos Docentes da UEPB, sobre a suposta existência de recursos para atendimento das demandas da categoria em termos de salários.

No início da semana, a entidade divulgou que “a reitoria da UEPB informou ao comando de greve que identificou cerca de R$ 10 milhões que poderão ser utilizados no atendimento as questões salariais da categoria”. Ainda segundo nota da associação, “a garantia foi dada pelo reitor Rangel Júnior”. Em conversa com a reportagem da emissora, Nelson Júnior confirmou a informação.

Mas Rangel, por sua vez, negou. “É bom deixar claro que isso se trata de uma fantasia. Esses 10 milhões não existem e nem têm nada a ver com a reitoria. As pessoas às vezes falam bobagens, confundindo a opinião pública”, disse o reitor, num tom bastante elevado.

De acordo com Rangel Júnior, “o que existe é o orçamento da UEPB, a lei orçamentária de 2017, aprovada pela Assembleia Legislativa e sancionada pelo governador do Estado, que disponibiliza para despesas de pessoal e encargos um montante de R$ 274 milhões no ano. Como a previsão de despesas de pessoal, com os vários cortes que fizemos, a despesa prevista é de R$ 254 milhões, sobram R$ 20 milhões”.

Esse recurso, porém, não está nos cofres da UEPB. “O Governo do Estado tem, disponível, no orçamento da universidade, R$ 20 milhões para concessão de vantagens remuneratórias a docentes e técnicos. Portanto, não é a reitoria, é o governo que dispõe desses recursos, porque se tratando de remuneração, é competência exclusiva do governador do Estado, complementou o reitor. 

Authorism Theme

Jornalismo

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.!

Comunicação

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.!

Direito

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.!

Cursos

4th one time fitness expert, wellness writer, personal trainer, group ex health coach. I am advocates of everything good in the fitness industry and of the people who make it great!

Imagens de tema por richcano. Tecnologia do Blogger.