Vereador propõe Cidadania Campinense para Michel Temer. Saiba qual a justificativa


O vereador Márcio Melo, do PSDC, que tomou posse no dia 01 de janeiro, não perdeu tempo e já cuidou de protocolar um dos tipos de matérias mais produzidos pelos parlamentares mirins campinenses, aquela que concede título de cidadania (e que só perde para o batismo de logradouros públicos na produção legislativa). De diferente na propositura do novo vice-presidente da Câmara Municipal, o contemplado com a honraria: o presidente da República.

Segundo nota divulgada pela assessoria do vereador, “Márcio Melo deu entrada em projeto de lei de número  073/2017, concedendo o Título de Cidadania Campinense ao presidente da República Michel Miguel Temer ‘pelos reconhecidos serviços prestados ao Nordeste, particularmente à Paraíba, com os esforços para a conclusão da Transposição do Rio São Francisco, beneficiando Campina Grande e milhões de pessoas’”.

Em um longo release de três páginas, resumo do perfil de Temer na Wikipédia, o vereador traça a biografia do homenageado. Não consta da nota, porém, se o parlamentar espera que o presidente da República venha a Campina Grande receber a honraria, nem tampouco se também pretende homenagear outros ex-dirigentes da Nação em algum grau envolvidos com a obra da transposição, como Dilma Rousseff, Lula, Fernando Henrique Cardoso e Dom Pedro I. 

Nenhum comentário

.