Delegado afirma se sentir seguro em Campina e avalia que houve “pequeno aumento da violência”


Durante entrevista ao Jornal Integração da Campina FM, o delegado seccional de Campina Grande, Iasley Almeida, afirmou que se sente seguro nas ruas da cidade. “Moro aqui há alguns anos e sempre me senti muito bem e seguro em Campina Grande, até porque eu freqüento outras cidades da Paraíba e outros estados e realmente me sinto seguro em Campina Grande. Mas, isso não significa dizer que nós, cidadãos, estamos protegidos de uma possível e eventual ação criminosa”, afirmou Iasley.

O delegado reconhece que há um aumento na criminalidade, mas considera ser de dimensões menores. “Campina Grande realmente está vivenciando um momento de turbulência. Isso já é sentido e exige uma ação das polícias e dos órgãos operativos da segurança pública do Estado, a fim de frear esse pequeno aumento da violência, que é sentido principalmente por nós, cidadãos”.

Para Iasley, é necessário o engajamento de toda a sociedade na luta contra o crime. “Esse não é o momento só de etiquetar, criticar. É o momento de unir forças, mostrar que a sociedade civil organizada, juntamente com os órgãos operativos de segurança pública, são o mecanismo necessário para dar uma resposta imediata e dura para os criminosos”, ponderou.

O delegado seccional destacou, ainda, o trabalho que vem sendo realizado pela Polícia Civil, ressaltando o elevado aumento no número de prisões. “Esse trabalho é representado através de diversas operações policiais, cotidianamente executadas, bem como o aumento de prisões. Para se ter uma idéia, no estudo comparativo entre a quantidade de prisões realizadas pela PC na cidade no primeiro semestre de 2016, há um aumento de 92% em relação ao mesmo período de 2015, demonstrando que o trabalho exercido pela Polícia Civil, no tocante à elucidação e repressão de crimes, está sendo feito”, complementou.

Para ouvir a entrevista na íntegra, clique AQUI.

Nenhum comentário

.