Presidente da Associação dos Magistrados reage indignado a declarações do presidente Sintab


O juiz Horácio Ferreira de Melo Júnior, presidente da Associação dos Magistrados da Paraíba, respondeu de maneira indignada às declarações do presidente do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste da Borborema (Sintab), Nazito Pereira, que, durante entrevista ao Jornal Integração, da rádio Campina FM, afirmou que os prefeitos se aliam a “amigos juízes” para conseguir que greves sejam decretadas ilegais.

Inicialmente, Horácio Melo classificou a fala de Nazito como “extremamente infeliz e declarada por quem não tem conhecimento da grandeza e da decência que tem a magistratura da Paraíba”. Segundo ele, em suas decisões, “os juízes não se vinculam a amizade nem a pessoas, se vinculam ao processo e aos fatos postos para apreciação e julgamento”.

O magistrado subiu o tom e criticou duramente o teor da ilação feita pelo sindicalista. “É lamentável que um dirigente sindical utilize meios de comunicação para fazer esse tipo de acusação. Mostra a pobreza de preparo intelectual, preparo de espírito, ou seja, pessoas desse nível não tem a menor condição de representar uma categoria”, disse.

O presidente da AMPB ainda confirmou que a entidade deverá processar o dirigente do Sintab. “Vou examinar essa declaração e deveremos, como entidade associativa, tomar todas as medidas judiciais cabíveis, porque pessoas desse nível, que não têm capacidade de se manifestar publicamente e utilizam os meios de comunicação para afrontar o poder judiciário e a dignidade dos seus juízes merece responder processualmente na justiça pelos seus atos”, concluiu.

Nenhum comentário

.