“Posso ter cometido erros, mas não cometi crimes”, diz Dilma Rousseff após ser afastada pelo Senado


Após o Senado aprovar a admissibilidade do processo de impeachment, com conseqüente afastamento da presidente da República por até 180 dias, Dilma Rousseff fez um pronunciamento público no qual voltou a se dizer vítima de um golpe, de uma injustiça irreparável e de uma farsa jurídica. “Posso ter cometido erros, mas não cometi crimes”, disse. Veja, abaixo, a íntegra do pronunciamento.

Nenhum comentário

.