Por causa de H1N1, católicos não deverão dar as mãos durante missa e hóstia será entregue aos fiéis


Após reunião com o Conselho Presbiteral na manhã desta quarta-feira, 20, no Palácio do Bispo, em João Pessoa, o arcebispo metropolitano da Paraíba, Dom Aldo di Cillo Pagotto, divulgou nota com recomendação a todas as paróquias do estado e a todos os fieis católicos, com recomendações que pretendem evitar o contágio do vírus H1N1.

São três as recomendações, que alteram os momentos de expressão de fraternidade durante a missa e até mesmo a forma como os padres devem ministrar a comunhão aos católicos. Descreve a nota: 1) Os fiéis evitem dar as mãos durante a oração do Pai Nosso; 2) Os fiéis evitem dar as mãos no momento da paz; 3) Os padres entreguem a hóstia consagrada nas mãos dos fiéis.

O texto da assessoria de imprensa da arquidiocese ressalta que “essas recomendações são temporárias, devendo ser seguidas enquanto houver registro de muitos casos da gripe H1N1”, e lembra que “tais recomendações já tinham sido feitas em julho de 2009, quando a gripe fez várias vítimas no país”.

Nenhum comentário

.