Contrário a Adriano Galdino, Fábio Maia perde comando do PSB em Campina Grande


Conforme esperado, o secretário chefe de Gabinete do Governo do Estado, Fábio Maia, perdeu o comando do PSB em Campina Grande após entrar em rota de colisão com o presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino, pré-candidato a prefeito. A direção estadual nomeou hoje a nova comissão provisória na cidade, ficando o ex-reitor da UFCG Thompson Mariz à frente da legenda.

A comissão, por sinal, é inteiramente galdinista. O próprio Adriano integra o núcleo, assim como seu irmão Murilo Galdino, vereador em Campina. O partido promoveu uma plenária na Rainha da Borborema no começo da semana e Fábio Maia não compareceu, alegando oficialmente o cumprimento de agenda em São Paulo.

Essa semana, o prefeitável socialista já havia mandado um recado claro para o grupo do até então presidente do PSB municipal. “Todos do PSB devem estar juntos. Não tem lugar para ninguém ficar em cima do muro. Somos pessoas decididas. Só queremos no PSB aqueles que têm força e vontade para assumir os desafios”, declarou Galdino, sem, contudo, citar o nome de Fábio.

Nenhum comentário

.