Deputado defende medida do governo e acusa sindicatos de reproduzirem discurso de Cássio


O líder do governo na Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Hervázio Bezerra (PSB), saiu em defesa da medida provisória baixada pelo governador Ricardo Coutinho suspendendo os reajustes dos servidores. Ele entende que “o momento é de extrema expectativa por parte de todos os governadores e prefeitos” em relação ao quadro de crise nacional.

“O governador Ricardo Coutinho tem sua vida pública pautada na cautela e na responsabilidade. Ele sabe que essas medidas não são simpáticas, não são prazerosas, mas são indispensáveis à manutenção do equilíbrio econômico do Estado, de manter em dia o pagamento dos servidores e dos fornecedores, para que as ações não sofram solução de continuidade”, comentou Bezerra.

Questionado sobre as críticas de sindicalistas à medida do governador e a um suposto quadro de inchaço da folha de servidores, o parlamentar direcionou as baterias para a oposição e acusou o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) de tentar obter benefício político para seu grupo com o cenário adverso da economia.

“Isso é retórica do senador Cássio, que é reproduzida pelos deputados que ele lidera na Assembleia (Legislativa). Eles falam a mesma língua, eles vêm reproduzindo o que disse recentemente o senador Cássio e alguns deputados que seguem sua orientação. É a mesma cantilena. O governador não tem como fabricar dinheiro. O caso do senador e da sua bancada na Assembleia, como estamos em um ano eleitoral, ele tenta tirar proveito político disso, quer marcar território”, disse.

Hervázio Bezerra ainda acusou o grupo de Cássio Cunha Lima de torcer para que o Governo do Estado passe a atrasar os salários dos servidores.

Nenhum comentário

.