Jornalismo

Profissional atuando desde 2008 no mercado, com passagem por todos os meios. Experiência, credibilidade e qualidade

Comunicação institucional

Profundo conhecimento da dinâmica e caminhos da comunicação institucional eficiente, quer no setor público, quer na esfera privada

Direito

Advogado com atuação na área cível em geral e foco em direito do consumidor, além de assessoria legislativa para supervisão e elaboração de projetos

Cursos online

Didática diferenciada, metodologia direta, clara e objetiva buscando a máxima eficiência do estudo

Blog

Após portas de doze lojas amanhecerem “coladas”, CDL pede providências à PM


A ação de pessoas que provocam vandalismo contra as lojas localizadas no Centro de Campina Grande tem causado preocupação entre os empresários. Muitos deles reclamaram que ao tentarem abrir a porta dos estabelecimentos na manhã desta segunda-feira (11) ficaram surpresos ao encontrarem cola do tipo “Super Bond” nas fechaduras.

Pelo menos doze estabelecimentos foram alvo da ação dos vândalos e os donos tiveram prejuízos seríssimos já que permaneceram com as portas fechadas por algumas horas até que o problema fosse solucionado.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Campina Grande, Artur Almeida, considera a situação preocupante e aconselha os empresários a registrarem boletim de ocorrência. “Não podemos admitir que um pequeno grupo que quer provocar desordem continue agindo”, disse.

Em razão desse ato de vandalismo, a CDL entrou em contato com o comando da Polícia Militar na cidade para que situações como esta não voltem a acontecer, pois o Centro é um local de trabalho e de geração de receita para a economia local.

O comandante do II Batalhão de Polícia Militar, Major Gilberto Felipe, assegurou que será estudada uma forma para coibir a ação dos vândalos, mas pediu o apoio dos próprios lojistas para que ações desta natureza não voltem a acontecer.

“Nós da Polícia Militar temos o papel de prender os meliantes, mas muitas vezes os proprietários das lojas ou até mesmo os funcionários se recusam a prestar queixa na delegacia e isso faz com que o nosso trabalho seja em vão. Então aqui fica o nosso apelo para que os lojistas colaborem com o trabalho da polícia”, disse.

A CDL se coloca à disposição dos lojistas que se sentiram prejudicados para, em parceria com os órgãos competentes, estudar algumas medidas a fim de melhorar a segurança no comércio da cidade.

(Ascom CDL)

Authorism Theme

Jornalismo

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.!

Comunicação

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.!

Direito

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.!

Cursos

4th one time fitness expert, wellness writer, personal trainer, group ex health coach. I am advocates of everything good in the fitness industry and of the people who make it great!

Imagens de tema por richcano. Tecnologia do Blogger.