Vereador quer investigação do Ministério Público sobre o reajuste dos combustíveis, energia e passagem dos ônibus


O vereador Olimpio Oliveira esteve nesta segunda-feira na Promotoria de Defesa do Consumidor, onde protocolou requerimentos solicitando a instauração de Inquéritos Civis Públicos com objetivo de apurar se os reajustes ocorridos recentemente sobre os valores das passagens de ônibus, dos combustíveis e da energia elétrica se deram de forma abusiva em Campina Grande.

Segundo Olimpio, é preciso que o Ministério Público requisite de cada um dos setores envolvidos a apresentação das planilhas de custos, notas fiscais e demais documentos que atestem a necessidade dos respectivos reajustes. “A população não aguenta mais tantos reajustes, sem ter acesso à composição detalhada das planilhas de custos. É chegada a hora de passarmos a limpo essas planilhas”, protestou Olimpio.

A energia elétrica teve um reajuste em Campina quase na ordem de 40%, enquanto que a passagem de ônibus subiu pela segunda vez em menos de seis meses. Além disso, recentemente, a Agência Nacional de Petróleo considerou que a gasolina comercializada em Campina é a mais cara da Paraíba.

Olimpio Oliveira também solicitou que o Ministério Público investigue se o reajuste da base de cálculo da Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública se deu de forma abusiva. Segundo o vereador, a popular Taxa de Iluminação Pública foi reajustada em até 600% (seiscentos por cento), pois, antes era cobrado 3% sobre o consumo de energia elétrica do contribuinte e agora o consumidor está pagando 18%.

Fonte: Assessoria

Nenhum comentário

.