Abertura do comércio no Carnaval fica a critério de comerciantes, explica sindicato


Francinete Silva - Ascom

Os dias 16, 17 e 18 de fevereiro, respectivamente, segunda, terça e quarta-feira, que correspondem ao período de Carnaval em 2015, não são considerados feriados para o trabalho. O comércio, portanto, pode funcionar nos seus horários normais e os valores pagos aos trabalhadores não mudam em relação aos demais dias de trabalho.

O Carnaval é considerado, por lei, um dia normal de trabalho, segundo o presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Campina Grande e Região, José do Nascimento Coelho, que também é secretário geral da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), entretanto, lembra o sindicalista, por questões culturais, muitos estabelecimentos optam por fechar e dispensar seus funcionários.

Como não existe impedimento legal proibindo ou restringindo o funcionamento do comércio neste período, conforme Coelho, aqueles que desejarem abrir as portas de suas empresas podem pagar o funcionário como um dia normal de trabalho, respeitando os direitos dos trabalhadores.

De acordo com a legislação, o sábado e o domingo que antecedem a data também são considerados fim de semana normal. O mesmo acontece em relação à segunda-feira e à terça-feira, sob o ponto de vista jurídico.

Por se tratar de uma tradição, algumas lojas funcionam no período em horários diferenciados. O Partage Shopping, localizado na avenida Severino Bezerra Cabral, bairro de Catolé,  funcionará normalmente neste sábado, 14, das 10h às 22h, e no domingo, 15, das 14h às 20h. Na segunda e terça feira, Hiper Bompreço, Marisa e Riachuelo vão abrir normalmente e a praça de alimentação funciona das 11h às 20h. Na quarta, o shopping reabre a partir do meio dia.

Nenhum comentário

.